Valdir Barranco participa de ato popular em defesa de Lula

Representantes de movimentos sociais e sindicatos pediram a absolvição de ex-presidente

Valdir Barranco participa de ato popular em defesa de Lula

O deputado Valdir Barranco (PT) participou, na manhã desta quarta-feira (24), de um ato público organizado pelo Movimento Brasil Popular em defesa do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Cerca de 150 representantes de movimentos sociais, sindicatos, associações e estudantes pediam a garantia de direitos para Lula disputar as próximas eleições na condição de candidato à presidência da República. A manifestação ocorreu em frente ao prédio da Justiça Federal de Cuiabá.

Em seu pronunciamento, Barranco deixou claro que “se Lula for condenado, quem perderá a credibilidade será o Judiciário”. “Apostamos em um julgamento técnico que irá declarar o maior líder popular do Brasil inocente porque contra ele não existem provas. Agora, se houver viés político, como ocorreu em Curitiba quando o juiz Sérgio Moro o condenou em primeira instância, pela propriedade de um apartamento que pertence a uma empreiteira (OAS), mesmo diante de 77 testemunhos da defesa e nenhuma prova concreta, aí Lula será injustamente condenado.”

O deputado disse, ainda, que a defesa de Lula continuará mesmo que o TRF-4 mantenha sua condenação “Não tenho dúvidas de que Lula será inocentado. Mas, se for preciso, sua defesa irá recorrer nas instâncias superiores, como garante a lei. Com isso, ele poderá ser candidato. Vamos garantir o direito do maior líder popular deste país ser novamente o presidente, vencendo as eleições nas urnas.”

Em Mato Grosso, também houve protestos nos municípios de Rondonópolis, Barra do Garças, Sinop, Diamantino, Cáceres, Juína, Alta Floresta e Tangará da Serra. Ao fim das manifestações, o PT lançou a candidatura de Lula à presidência da República.

“Quem está à frente das manifestações é a Frente Brasil Popular, que organiza a defesa de Lula em todo o país. Para nós, os princípios democráticos são claros: ninguém pode ser julgado e condenado sem provas; o julgamento não pode ser político e tem que seguir critérios técnicos. O juiz Sérgio Moro foi contra tudo isso em sua decisão. Em Mato Grosso, temos 92 comitês trabalhando pela defesa de que Lula possa ser candidato nas eleições de 2018”, concluiu Valdir Barranco.

Robson Fraga

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Valdir Barranco participa de ato popular em defesa de Lula

Enviando Comentário Fechar :/