Sistema de “bueiro preventivo” pode ser instalado em Mato Grosso

Aprovado em primeira votação, objetivo do projeto é impedir o entupimento dos bueiros, evitando que o lixo seja uma barreira para o escoamento de água

Sistema de “bueiro preventivo” pode ser instalado em Mato Grosso

Cidades alagadas em dias chuvosos. Essa é uma preocupação de muitas cidades por aí.  Pensando nisso, o deputado estadual Valdir Barranco (PT), elaborou o Projeto de Lei nº 169/2020, que prevê a instalação dos chamados “bueiros preventivos” em algumas galerias pluviais de pontos estratégicos dos municípios de Mato Grosso.

Aprovado em primeira votação, durante sessão realizada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), a proposta indica que nos pontos onde são registrados enchentes e alagamentos, a prefeitura possa instalar um sistema composto por uma caixa coletora instalada no interior dos bueiros, com isso evitando a poluição de rios, lagos e córregos do Estado.

O parlamentar lembra e afirma que o lixo descartado irregularmente em qualquer local é o principal causador do entupimento de bueiros e, por consequência, também os pontos de alagamento e enchentes por várias cidades do Estado.

“Os bueiros entupidos são, em geral, os responsáveis por ocorrência de enchentes e alagamentos. Lotados de lixo, eles não cumprem sua função de escoar a água e tal fato pôde ser observado com mais clareza durante as fortes chuvas que atingiram a cidade no mês de fevereiro deste ano. O bueiro preventivo chega como uma iniciativa para que esse material sólido seja captado pelo sistema, evitando que ele obstrua a passagem da água da chuva nas galerias pluviais”, explicou o deputado.

Barranco lembrou ainda que os bueiros preventivos já foram implantados em outros estados, como São Paulo, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, e os resultados são muito positivos, pois mostram que ele impede que o lixo e resíduos sólidos cheguem até os córregos e rios, facilitando a manutenção do sistema.

“Eles já são utilizados ao redor do mundo e funcionam com uma cesta de metal acoplada às bocas de lobo e outras saídas de água pluvial, que é basicamente um filtro interno instalado no interior dos bueiros, que retém o lixo e impede que eles entrem nos rios, lagos e córregos ou que por acúmulo provoquem entupimento da rede pluvial. Mas não adianta apenas a instalação da cesta de grade. Há a necessidade de ser mantido um serviço de manutenção para o esvaziamento dos cestos”, finalizou.

Pedro Velasco

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Sistema de “bueiro preventivo” pode ser instalado em Mato Grosso

Enviando Comentário Fechar :/