Candidato ao senado, Barranco é a alternativa ao bolsonarismo em MT

Em entrevista ao RD TV, o parlamentar falou de suas propostas ao Senado

Enquanto candidatos da direita disputam eleitores alinhados com o bolsonarismo na eleição ao Senado, o candidato do PT, deputado estadual Valdir Barranco, aposta na divisão de votos e quer aglutinar eleitores que se opõem ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Lembra que o desempenho de Fernando Haddad nas urnas em 2018 quando teve 34% dos votos, indicaria que há possibilidade do Estado eleger um senador petista.

Barranco vê um contingente de eleitores que votaram em Haddad e acredita que o número de votos seria maior naquela época, se o candidato fosse Lula. “Temos uma margem de 30% do eleitorado que nós estamos em busca, não vamos ficar disputando o voto daqueles que já tem 8 ou 9 candidaturas”, avalia.

Para ele, não há desgaste pelo antipetismo e acredita ser uma via alternativa. “Somos a possibilidade de ter uma candidatura do contraditório neste momento político e se não fôssemos concorrer, seria não oportunizar ao eleitor exercer a democracia porque teria apenas uma proposta. Até porque no frigir dos ovos todas as demais outras candidaturas, com exceção talvez do Procurador Mauro (Psol), levarão à mesma proposta”.

Não teme que o crescimento aprovação de Bolsonaro tenho impactado no quadro geral dos eleitores do estado. “Não é apostar no antibolsonarismo, é apostar que nossas propostas são diferentes da proposta da morte, do armamento, do agronegócio só pelo agronegócio que só privilegia os mais ricos”.

De acordo com o parlamentar, 70% do eleitorado tem renda de até dois salários mínimos e os candidatos adversários teriam propostas “que apenas beneficiam os ricos”. Ele pretende buscar melhorias para a agricultura familiar e outras áreas sociais como saúde e educação.

Além de Barranco, outros 10 disputam a vaga da senadora cassada Selma Arruda (Podemos): Carlos Fávaro (PSD), Nilson Leitão (PSDB), Rúbia Fernanda (Patriota), José Medeiros (Podemos), Reinaldo Morais (PSC), Feliciano Azuaga (Novo), Pedro Taques (SD), Procurador Mauro (Psol) e Elizeu Nascimento (DC).

Andhressa Barboza - RD News

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Candidato ao senado, Barranco é a alternativa ao bolsonarismo em MT

Enviando Comentário Fechar :/